0

Abatedouro clandestino é interditado em Bueno Brandão e quase uma tonelada de carne é descartada

Magson Gomes
27/06/2019

14 animais já abatidos foram descartados no aterro sanitário. Abatedouro não tinha nenhuma autorização para funcionar. Dono foi conduzido para a delegacia.

Abatedouro clandestino em Bueno Brandão – Foto: PM de Meio Ambiente

A Polícia Militar de Meio Ambiente encontrou um abatedouro clandestino na zona rural de Bueno Brandão, nesta quarta-feira (26). Segundo a polícia, no local eram abatidos suínos e não havia laudo de inspeção e autorização do IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária) e da Vigilância Municipal. Ainda de acordo com a polícia ambiental, 14 animais foram encontrados no local, prontos para serem comercializados.

A PM de Meio Ambiente chegou até o abatedouro clandestino enquanto checava uma denúncia de desmatamento na área rural de Bueno Brandão. Ao verificarem as irregularidades onde os animais suínos estavam sendo abatidos, os policiais acionaram o IMA e a Vigilância Sanitária para as medidas administrativas contra o dono do estabelecimento, e descarte dos porcos já abatidos que estavam no local que não poderiam ser comercializados.

A reportagem do Terra do Mandu conservou com a coordenadora da Vigilância Sanitária de Bueno Brandão, Simone Cardosi. Ela confirmou que o local não tinha as autorizações necessárias para funcionar como abatedouro e que todas as medidas administrativas, incluindo multas, estão sendo tomadas contra o proprietário do abatedouro clandestino. Ainda de acordo com Simone, a Vigilância do município não havia recebido denúncia referente a esse local.

Os 14 animais já abatidos pesaram quase uma tonelada e foram descartados pelo IMA no aterro sanitário. A PM de Meio Ambiente apreendeu os materiais usados para abater os animais. O caminhão usado para o transporte da carne também foi apreendido. O dono do abatedouro, que também tem um açougue na cidade, também foi levado para a delegacia da Polícia Civil de Bueno Brandão e liberado após prestar depoimento.

Açougue fiscalizado

Ainda de acordo com a coordenadora da Vigilância Sanitária, a carne dos porcos abatidos no abatedouro clandestino seria comercializada em um açougue no Centro da cidade. A fiscalização esteve no estabelecimento e não foram encontradas carnes suínas naquele momento. As demais carnes tinham nota fiscal de procedência, segundo a veterinária Simone Cardosi.

Abatedouro clandestino em Bueno Brandão – Foto: PM de Meio Ambiente

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.