0

Pouso-alegrense cria bolsas de mão a partir de pinturas em tela

Magson Gomes
21/05/2019

Dunia Oliveira, formada em administração, estava desempregada quando se viu obrigada em transformar o hobby em seu negócio. Assim, surgiu a marca de bolsas de mão criativas. Essa semana, o Sebrae realiza a Semana Nacional do MEI. Veja no final desta matéria como participar.

Dunia com uma de suas bolsas criativas. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

A pouso-alegrense Dunia Oliveira criou sua marca própria de bolsas de mão. E como ela mesma define: “é uma arte que você carrega por aí”. Isso porque as peças produzidas são pintadas à mão em uma tela, como se fosse um quadro para decorar a parede de casa. Em seguida, essa tela é cortada e transformada em bolsa criativa. A marca CanvasBag existe há 10 meses e as vendas são feitas através de loja online e redes sociais.

Dunia se tornou uma microempreendedora individual (MEI) a partir da necessidade em ter uma fonte de renda. Formada em administração, com ênfase em comércio exterior, ela estava desempregada e precisava encontrar um meio para se sustentar.

Hoje com 31 anos, ela conta que aos 7 anos já tinha feito sua primeira colcha de crochê. Também fazia algumas roupas para suas bonecas. “Nesta época eu adorava fazer desenhos de desfile de moda”, relembra Dunia que morava na zona rural com a família de cafeicultores.

Anos mais tarde aquela garotinha entrou para a faculdade, mas não na área de moda. Já no segundo ano do curso de administração, ela começou a trabalhar numa empresa da área de saúde e lá ficou por nove anos. Período em que redescobriu o hobby de corte e costura e decidiu partir para uma nova faculdade, desta vez, na área de moda.

Porém, sem conseguir se manter numa nova cidade por falta de emprego, Dunia deixou a faculdade e retornou a Pouso Alegre. Ainda sem trabalho, ela resolveu pintar alguns quadros. “Enchi a casa de quadros coloridos, que era uma forma de espantar a tristeza”, conta.

Meses depois, ela conheceu o namorado, um gaúcho que morava em Itabira, região central de Minas. E lá foi ela morar numa nova cidade, sem conhecer mais ninguém, além do namorado. Novamente, a dificuldade de conseguir um emprego fixo era um tormento e, ao mesmo tempo, um alerta, um grito para transformar o que amava fazer em um negócio.

“Foi aí que vi que aquele era o momento de empreender. Sempre gostei de bolsas de mão, até um look mais básico fica chique com uma bolsa de mão”, constata e ri. A empreendedora que surgia não queria produzir algo parecido com o que havia no mercado. “Tinha que ser diferente, tinha quer ser mais exclusivo, tinha que ser único e de um material que minha máquina de costura doméstica pudesse costurar”.

Então, Dunia teve a ideia de dar um novo destino para aqueles quadros pintados em dias de tristeza. “Se um quadro é lindo na parede, imagina transformá-lo em bolsas e sair espalhando cores por aí?! Nele eu posso pintar o que quiser, com as cores que quiser e fazer qualquer estampa! Era isso!”, conta a empreendedora.

O primeiro protótipo saiu em junho 2018, após vários testes. No mês seguinte ela fez as primeiras postagens no Instagram para divulgar o trabalho. Em setembro formalizou e se tornou uma MEI, microempreendedora individual.

Hoje, ela produz seis modelos de bolsas, variando tamanhos e temas. Foto: Magson Gomes/Terra do Mandu

“Queria começar do jeito certo e garantir meus direitos previdenciários. Além de ter acesso aos cursos online do Sebrae para fazer a precificação correta e a gestão do meu pequeno negócio”.

Para Dunia, empreender é fantástico e o aprendizado é constante. “Venho crescendo um pouquinho todo mês. Porém, por se tratar de um produto ‘diferente’ é bastante desafiador. Em 10 meses de marca já pensei em desistir algumas vezes, mas sempre que ouço um ‘amei as suas bolsas’, sinto que estou no caminho certo” conta ela.

O nome CanvasBag foi a junção das definições em inglês do material usado para fazer quadros e de bolsa. Atualmente, os preços de cada bolsa variam de R$ 65 a R$ 80. As bolsas têm uma proteção em plástico para não borrar a arte em locais úmidos. Outro toque da artesã é o forro interno na cor de rosa. Elas podem ser adquiridas pelo site e pelas redes sociais. “E eu garanto que ninguém terá uma igual a sua”.

Contatos:

Site: www.canvasbag.com.br

Whatsapp atendimento/vendas: (31) 9.9536-2298

Instagram: @canvasbagoficial

Facebook: CanvasBagOficial

Semana do MEI

Nesta semana, entre os dias 20 e 24, o Sebrae realiza a Semana do MEI. Durante os cinco dias do evento, será realizado um mutirão de atendimento para quem quer se formalizar ou para quem já é MEI e quer melhorar a gestão do negócio.

Em Pouso Alegre, as palestras e oficinas serão nos dias 22 e 23 (quarta e quinta-feira). Os interessados em receber as orientações devem fazer a inscrição online. As palestras e oficinas são gratuitas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.