0

Casal de estelionatários é preso após fazer vítimas em Santa Rita, Ouros e Cachoeira

Magson Gomes
11/04/2019

A polícia ainda está apurando, mas já se sabe que, em 15 dias, foram mais de 50 mil roubados.

Os dois presos têm 19 e 23 anos e fazem parte de uma organização criminosa de SP. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, um casal suspeito de fazer parte de uma organização criminosa de São Paulo e que estava aplicando golpes em pessoas da região, principalmente idosos.

De acordo com o delegado Daniel Leme Amaral, responsável pelas investigações, as vítimas recebiam uma ligação de um número de São Paulo e o golpista do outro lado da linha dizia que era de uma loja onde tinha sido feita uma compra em grande valor no cartão da pessoa. A vítima informava que não tinha feito nenhuma compra naquele valor. Então, o golpista pedia para a vítima ligar no 0800 que estava atrás do cartão.

Porém, o estelionatário não desligava o telefone. A vítima discava o 0800, colocava o telefone de novo no ouvido e lá continuava o golpista, mas agora fingindo ser da operadora do cartão.

Nessa hora que o golpe acontecia. O falso atendente pedia todos os dados do cartão, como números e senhas. Não satisfeito, ainda ditava uma carta para a vítima escrever e entregar junto com o cartão para um motoboy que iria até a casa dela.

Com os cartões em mãos, os golpistas faziam saques em caixas eletrônicos e até pegavam mais dinheiro emprestado através da conta das vítimas. Tem gente que perdeu até R$ 17 mil.

O motoboy é este rapaz, de 23 anos, preso pela polícia nesta quarta-feira (10). Ele e a moça, de 19 anos, estavam hospedados há 15 dias em um hotel de Santa Rita do Sapucaí, fazendo vítimas em cidades vizinhas como Cachoeira de Minas e Conceição dos Ouros.

Cartões e dinheiro de vítimas apreendidos com o casal. Também tinha uma maquininha de passar cartões. Foto: Polícia Civil

Ainda segundo o delegado, os dois presos fazem parte de uma organização criminosa de São Paulo. Com eles foram apreendidos celulares onde aparece troca de mensagens com outros membros da quadrilha, onde falam da divisão do dinheiro obtido com os golpes.

A moto usada para pegar os cartões nas casas também foi apreendida. Além de R$ 1.400, sendo parte desse valor de saque na conta de uma das vítimas.

Os dois presos foram levados para o presídio de Santa Rita do Sapucaí.

Compartilhamentos: Reações:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.