0

Catador de papelão ganha tênis novo ao passar em porta de loja

Magson Gomes
18/03/2019

O tênis usado por seu Toninho estava todo rasgado e cheio de plástico que não se soltar dos pés. A moça da loja, que não vende calçados, pegou um tênis que seria para o filho de deu ao catador e ainda o ajudou a pôr nos pés.

Noelly ajuda seu Toninho a calçar os novos tênis. Foto: José Henrique Alves

O catador de material reciclável Antônio Ribeiro, de 50 anos, passou na porta de uma loja de roupas na Rua Comendador José Garcia, Centro de Pouso Alegre, com o objetivo de encher seu carrinho de papelão. Mas ele ganhou muito mais.

As moças que estavam na loja perceberam que o seu Toninho caminhava com dificuldades. É que ele usava um tênis todo rasgado, com a sola solta e cheio de furos nas laterais. Para tentar segurar o calçado nos pés, o catador enfiava trochas de plástico dentro de cada pé.

A loja não vende calçados, apenas roupas. Mas, as funcionárias se mobilizaram e conseguiram ajudar seu Toninho. Foi então que Noelly Leone pegou um par de tênis que ela tinha comprado para o filho, mas que não servia para ele, e doou para o catador. Noelly ainda ajudou seu Toninho a colocar os novos tênis nos pés.

Noelly e Vanilda Oliveira, que participaram daquele momento, disseram que ficaram com o coração transbordando de felicidade em puder ajudar seu Toninho.

“Ele nem sabia amarrar o cadarço. Foi uma cena incrível de ver a felicidade naquele rostinho sofrido. Ele agradeceu e saiu empurrando seu carrinho, olhando seu tênis lindo”, contou Vanilda.

A reportagem do Terra do Mandu achou seu Toninho andando com o tênis novo pela cidade. Ele contou que está feliz com o novo calçado e que já jogou o outro fora.

Seu Toninho diz que está em Pouso Alegre há três anos e que veio de São Paulo. Ele trabalha catando papelão pelas ruas e diz que recebe R$ 15 quando entrega o carrinho cheio no depósito. O catador diz que dorme no próprio depósito onde entrega o material que coleta. Ela diz que os parentes moram longe, em São Paulo.

Veja o vídeo:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.