0

Operação do MP contra o jogo do bicho prende 11 pessoas e apreende mais de R$ 100 mil; vídeo

Magson Gomes
19/12/2018

Os presos foram ouvidos no Ministério Público e encaminhados para o presídio de Pouso Alegre. VEJA VÍDEO REPORTAGEM ABAIXO.

Depois de seis meses de investigação, 11 pessoas foram presas nesta quarta-feira (19) durante uma operação do Ministério Público Estadual contra o jogo do bicho. As investigações foram coordenadas pelo Gaeco, que é o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, de Pouso Alegre e contou com o apoio da Polícia Militar.

“As prisões temporárias são de cinco dias, podendo ser prorrogada ou convertida em prisão preventiva”, diz o promotor de justiça Fabiano Laurito, coordenador do Gaeco em Pouso Alegre.

Alguns presos tiveram seus bens bloqueados pela justiça e quatro pontos comerciais onde seria praticado o jogo do bicho também foram lacrados.

Também foram cumpridos 32 mandados de busca e apreensão em Pouso alegre e cidades vizinhas.

Foram apreendidos mais de cem mil reais em dinheiro, equipamentos que seriam usados no jogo do bicho, anotações, arma de fogo e munições.

A operação recebeu o nome deu zebra, um trocadilho já que a expressão popular é usada exatamente para dizer quando acontece algo inesperado, já que esse animal não aprece no jogo do bicho.

Ainda de acordo com o promotor, “alguns presos admitem a prática do jogo do bicho já que diante das provas não teriam como negar, outros negam, mesmo diante das provas existentes”. A investigação aponta para os crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e a contravenção penal de jogo do bicho. As penas podem variar de quatro a oito anos de prisão.

As 11 pessoas presas foram levadas para o presídio de Pouso Alegre.


[metaslider id=”4967″]

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.